Copo em GOT  gera 2,5 bi à Starbucks,  que zoa sobre o episódio;  HBO tenta se explicar, entra no ranking do reclame aqui, viraliza entre os fãs com memes e… não  era nem da Starbucks!

Copo em GOT gera 2,5 bi à Starbucks, que zoa sobre o episódio; HBO tenta se explicar, entra no ranking do reclame aqui, viraliza entre os fãs com memes e… não era nem da Starbucks!

O último episódio lançado da série Game of Thrones rendeu polêmicas! É memes, é revolta, amor ou choro. A série rende um combo de emoções! Mas o que roubou a cena dessa vez não foi a morte de nenhum personagem, mas um copo que aparece

u na marca dos 15 minutos na frente da personagem Daenerys (Emilia Clarke), bem na mesa do salão de Winterfell! Aquele copo de plástico, tampado não conseguiu passar despercebido em comparado com os belíssimos cálices da era medieval, e claro viralizou em todas redes sociais no mesmo dia de exibição do episódio!








https://www.ibahia.com/entretenimento/detalhe/noticia/figurante-aparece-de-jeans-bota-e-casaco-moderno-em-cena-de-game-of-thrones/

Starbucks entra na zoeira e ainda fatura 2,5 bilhões

No Twitter, o perfil do Starbucks não se conteve e entrou na brincadeira comentando em inglês “TBH we’re surprised she didn’t order a Dragon Drink”. (Para sermos honestos, nós estamos surpresos que ela não pediu um Dragon Drink) – Drinque de Dragão fazendo referência aos dragões da série que ela os trata como filhos. Também por causa que a fruta pitaia em inglês chamase dragon fruit e produz uma bebida rosa que também chama Dragon Drink.


Em um tuíte que perguntava “O que os dragões bebem no final das contas?” A marca não perdeu oportunidade de comentar “O que eles quiserem” que é uma das frases que acabou ficando famosa na oitava temporada da série!


Depois da gafe, a HBO, editou de forma mágica o episódio e assumiu o erro à imprensa: “O café expresso que apareceu no episódio foi um erro. Daenerys tinha pedido um chá de ervas”. E garantiu que não era uma estratégia de marketing. Até porque PASMEM! O copo não era nem do Starbucks mas sim de uma lanchonete interna nos cenários de gravação.

Afinal de onde era o copo?

O que aconteceu é que um desses tradicionais copos descartáveis com tampa e térmicos, geralmente muito comum em servir café e mantê-los aquecidos por mais tempo, foi confundido pela maioria dos fãs que reconhecem a Starbucks como uma marca de sucesso e mais lembrada por servir bebidas nesses recipientes. Ou seja a silhueta do seu produto assemelha-se tanto a marca que ninguém pensou em ampliar a imagem e ver se o copo tinha realmente a marca impressa.

O diretor de arte ainda comentou: “coisas podem ser esquecidas no set de filmagem”. “(O erro) ganhou outra proporção porque isso não tinha acontecido em ‘GoT’ até agora” afirma Hauke Richter, tentando amenizar os ânimos que é uma situação comum e que por esse tempo todo a série não tinha dado nenhum deslize.

Mas quem saiu ganhando mesmo com toda essa história foi o Starbucks! Que teve sua marca divulgada com mais de 10,5 mil menções pela série e fãs da série mais aclamada do momento, tanto nas redes sociais, como programas de tv, rádio e muito mais! O marketing da agência Hollywood Branded, não perdeu a chance de calcular a valorização da marca, que com tudo isso faturou 2,3 bilhões e que poderá ficar um bom tempo sem ter que anunciar para ser recordada!

HBO Brasil lidera queixas no reclame aqui

Como se não pudesse polemizar mais este que era um dos episódios mais esperados e longos para os fãs, alcançou o topo no ranking do Reclame AQUI. Teve muita gente que não conseguiu assistir o episódio! Segundo as reclamações a HBO GO ficou misteriosamente fora do ar para algumas pessoas. O aplicativo de streaming do canal travou e teve gente reclamando que não conseguiu nem assistir nenhum dos episódios anteriores. Seria uma tentativa da HBO bem no momento estivesse “concertando” o episódio antes que viralizasse mais ainda o erro de gravação?

“Foi um comportamento atípico que nos chamou a atenção, isso porque normalmente as categorias de telefonia, e-commerce e bancos costumam estar entre as mais reclamadas. Mas confesso que quando assisti na minha casa, tinha certeza que iria chover reclamações”. “Esse comportamento do consumidor é comum, principalmente quando aliado à expectativa do fã da série. Eles pagam pelo serviço exclusivo e em um dos capítulos mais importantes, esperado há meses, exigem qualidade de imagem e som comprometidas. Tanto a HBO como as operadoras de TV a cabo precisam dar uma resposta rápida ao seu cliente e se prepararem para responder as reclamações que ainda vão receber”, disse Felipe Paniago, diretor de operações do Reclame AQUI, sobre a enxurrada de pessoas insatisfeitas com o canal.

E você? Acha que a HBO fez certo em corrigir o episódio depois que todo mundo já viu?

Deixe um comentário